Sobre dano muscular

DANO MUSCULAR

Certamente você teve uma sensação de dor após o exercício quando sofreu danos musculares localizados devido a exercícios. Esse dano no tecido muscular local causa a liberação de moléculas inflamatórias e células do sistema imunológico que ativam as células satélites para o trabalho. Isso não significa que você sempre deve sentir a dor para que isso aconteça, mas que os danos do treinamento devem estar presentes nas células musculares.

Dano muscular é o movimento ideal que coloca mais tensão em um alongamento muscular maior que é mais adequado para danos musculares. Por este motivo, são usados ​​spreads, pullovers, lunges, agachamentos profundos, remo, deadlifts, extensões de tríceps, etc., mas o dano é frequentemente superestimado, e você pode facilmente fazer mais mal do que bem. Sentir um pouco de dor por um dia ou dois nos próximos dias é bom, mas sentimentos em que você mal consegue se sentar, ou sentir que não consegue realizar atividades diárias, é desnecessário e o corpo muitas vezes não consegue se adaptar e se adaptar. Então lembre-se, estimular não significa destruir. Acesse standrol valor, para saber como é possível ganhar massa muscular.

MECANISMO 3: ESTRESSE METABÓLICO

Se você já sentiu o bombeamento e inchaço dos músculos que iriam queimar, então você sentiu os efeitos do estresse metabólico. Muitas vezes, para este processo, o termo “bomba” é usado, onde a tensão é aumentada no músculo, a deficiência de oxigênio é causada pelo suprimento de sangue e pelo suprimento de lactato, ou seja, subprodutos metabólicos. Estresse metabólico provoca inchaço ao redor do músculo e crescimento hormonal que ajuda a crescer os músculos sem necessariamente aumentar o tamanho das células musculares. Isso se deve ao glicogênio muscular, que ajuda a inchar o músculo. Esse tipo de crescimento é conhecido como hipertrofia sarcoplasmática e é uma forma de as pessoas obterem a aparência de músculos maiores sem qualquer aumento substancial na força.